sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Importantíssimo a reter! Quem é amiga, quem é?


Nada, nada do que é aqui escrito é só porque sim. Nada do que aqui é colocado devidamente referenciado pelos pensamentos de outros é porque sim. Nenhuma imagem aqui posta é porque sim. Nenhuma música aqui posta também é porque sim. Nada. Cada post tem uma história por trás. Cada vírgula que se faz notar por estes post´s a fora não estão somente a fazer figurino. Cada interrogação, cada exclamação, cada reticência, cada ponto final, não estão só porque sim. Cada frase tem um sentido e um post inteiro fecha um ciclo. Posto isto, um post que seja publicado, por mais taralhoco, por mais sem nexo que aos olhos de quem lê possa parecer, de todo deve ser assim interpretado, sem nexo ou taralhoco. Cliché o que se segue é certo, mas assertivo! «Nem sempre o que parece é. Tudo tem uma razão de ser. Não devemos ir somente ao óbvio. Nem sempre o atalho é o mais fácil. Oh, é ir ao engano tantas e tantas vezes.» Tenho plena consciência do que quero passar e porquê. Tenho plena consciência de quando e como. Quando quero que um post esteja todo somente em entrelinhas, pois então. Quando quero que ele seja passado aos olhos dos demais sem nexo, completamente taralhoco, completamente insano, pois então. Em suma, quando quero e induzo que os post´s tenham essa interpretação, é porque  - lá está - de facto, há uma razão de ser. Mas, não quer dizer que efectivamente, no verdadeiro sentido da palavra, assim seja, não.

11 comentários:

  1. Então não sou a única a colocar mensagens encriptadas.

    :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. É preciso saber ler nas entrelinhas, das palavras e da alma Essência.

    ResponderEliminar
  3. Enfim. Para tudo existe uma razão de ser e no caso dos teus posts há que saber ler nas entrelinhas quando necessario .

    bjs

    ResponderEliminar
  4. E se não se souber ler nas entrelinhas... é ficar sossegadita/o. :)
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  5. Eu já notei há muito que o que escreves é exactamente como descreveste agora, fazes bem. Eu às vezes também sou assim mas é mais raro, porque quando desabafo é com todas as letras mesmo!!!

    ResponderEliminar
  6. E então ?
    Acho que por vezes se deve criar o mistério e ter essas entre linhas!
    Às vezes, pura e simplesmente, gostamos do desafio e de ver, através dos comentários, o que vai na mente dos nossos seguidores :) ***

    ResponderEliminar
  7. Nunca me passou pela cabeça outra coisa. Dá para perceber que há qualquer coisa por trás....

    ResponderEliminar
  8. Sim, quem te lê com atenção já percebeu que não escreves para encher linhas...isso não!
    Agora se todos entendem o sentido daquilo que escreves, o verdadeiro propósito esconcido nas palavras, isso aposto que não e eu sou uma dessas pessoas que nem sempre chego lá...
    Beijocas nossas ;)

    ResponderEliminar

  9. Tens a Essência de o escrever.Mas hoje, adorei o "taralhoco"".

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Ni,

    Não, não és! E, acredito que perspicaz como pareces ser já reparaste nisso. ;)

    Vera,

    Ora nem mais! ;)

    Maria,

    :D

    Benedita,

    Risos... é isso. ;)

    Sónica,

    Também ponho todas as letras. Está tudo o que sinto e quero passar, só que, de forma a que eu perceba. ;)

    Palavra,

    Não se trata de mistério, mas sim contornar as coisas. Só. ;)

    S*,

    Como disse à Palavra, não se trata de mistério. :)

    Mamã,

    ;)

    Karochinha,

    É normal. Gosto de vos ter por cá e gosto de partilhar as minhas coisas com vocês, mas há apontamentos muito meus que faço questão de salvaguardar. :)

    Cantinho,

    Ui, esse taralhoco é um sacaninha de primeira! ;)

    Abracinhos

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...