segunda-feira, 25 de julho de 2011

Post-it

19 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Não concordo. Prefiro ser considerada culpada.

    ResponderEliminar
  3. Também há a culpa de nada ter feito...

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  4. Em certas situações, mais vale saber que tentamos. Mas noutras, deviamos era tar quietinhos..

    ResponderEliminar
  5. Há os que fazem pela surtina. Esses também saem ilesos.

    Beijinhos***

    ResponderEliminar
  6. Não diria melhor nem posso concordar mais!

    ResponderEliminar
  7. por isso é que muita gente fica de braços cruzados perante ene de situações e nada faz, quando seria muito melhor fazer!

    **

    ResponderEliminar
  8. Essa é uma grande verdade. Mas não fazer nada significa não viver e não ter sentido.
    Beijos, querida.

    ResponderEliminar
  9. è verdade mas o seu contrario tambem o é.
    Por exemplo um politico ( alias digo um bom politico) para ganhar eleições só tem que estar quieto, ou seja não fazer nada.É sempre um vencedor.


    CaxuxoFrito

    ResponderEliminar
  10. Ora bem! E quem não faz, faria sempre melhor do que tu!
    Beijinhos,
    Madalena

    ResponderEliminar
  11. Olha que sorte... é que, por norma, eu nunca faço nada...

    ... pelo menos quando assim me convém! :p

    ResponderEliminar
  12. Eu prefiro continuar culpada e ir fazendo.

    ResponderEliminar
  13. Olá e saudações da Califórnia! Eu estou visitando seu blog e quero felicitar a você. Você é um filósofo e suas palavras com que o leitor a pensar.
    Eu escrever um blog sobre comida e amor e receitas e relacionamentos. Minhas pensamentos. Por favor, visite. Talvez siga. Maybe follow. That would be cool.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
  14. há certas coisas que mais valia não ter feito...assim não tinha culpas....bem verdade...
    :(

    ResponderEliminar
  15. Nem sempre, não fazer é isento de culpa...

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...