terça-feira, 3 de abril de 2012

Post dúbio


«Não tenho amigos!
O meu pai morreu. Fui ao meu trabalho entregar os papéis burocráticos da praxe e, ninguém, ninguém deu-me os pêsames. Nem chefe, nem colegas... ninguém!..»


Podia debitar uma série de pensamentos que tenho sobre tudo isto. Podia tentar dissecar à volta destes itens, no entanto, essa pessoa cansa-me mentalmente. Esgota-me a energia quando estamos juntas. Não gosto quando existem pessoas que surtem esse efeito em mim (já tive algumas, infelizmente...), não gosto, de todo. Assim sendo, a única reflexão que deixo neste post (para bem da minha sanidade mental, porém,  textualizar este tema, falou mais alto, pelas sinuosas entrelinhas que tem...) é esta, "afinal, o problema está nela, ou está nas pessoas que privam com ela?"

29 comentários:

  1. Não temos de agradar a todos como tb não temos de levar com quem nos cansa. Não tenho paciencia tb...

    Maria

    ResponderEliminar
  2. Na minha opinião essas pessoas que cansam são pessoas solitárias e infelizes e daí querem a toda a hora muita atenção....(já tive uma assim também) tentamos ao máximo ser amigas e ouvi-las mas chega um dia que não aguentamos mais e colocamos um basta!
    Sinto muito a perda dela!
    bjs Essência...

    ResponderEliminar
  3. Já me senti muitas vezes como tu, ultimamente não consigo.Sinto que fico tal como tu esgotada.Coragem porque nem sempre é fácil afastar ou chamar à razão quem mesmo que sem intenção nos faz mal.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Realmente, é de destruir a sanidade mental. Nem sei como são/vivem estas pessoas...

    ResponderEliminar
  5. Tenho uma amiga assim. Faz-se sempre de vitima, é sempre a coitadinha, todos lhe devem e ninguem lhe paga. Já não aguento as lamúrias, mesmo quando as coisas lhe correm bem, faz a conversa sempre com "ses".
    Outra amiga nossa diz que ela só funciona bem, com a psicologia invertida assim: há traalho tanto e nós temos de dizer, não mas um dia vais ser recompensada... ah ninguem gosta de mim, e nós dizemos, tens tanta gente que gosta... é mesmo cansativo!

    Mas neste caso em particular, por muito que eu não gostasse de uma pessoa, se lhe morresse o api, claro que lhe dava os pêsames, é o minimo que que se pode fazer.

    ResponderEliminar
  6. Muitas vezes, quem semeia ventos, colhe tempestades! Neste caso, indiferença...

    ResponderEliminar
  7. Não gosto de criticar sem conhecer minimamente, e no fundo acredito que TODOS nós gostamos de atenção... uns mais que outros... uns com mais paciência para a dar que outros. Mas acima de tudo (pois aqui já não se fala de paciênia) e sim de COMPREENSÃO pelo sentimento alheio.
    São opiniões, como é óbvio :)

    Bjs docinhos xxxx

    ResponderEliminar
  8. O problema está nela, no entanto é sempre de bom tom dizer algo quando um parente de alguém morre, mas essa pessoa deve ser do mais cansativa que existe.

    ResponderEliminar
  9. Isso depende da pessoa em si, mas uma coisa é certa, se se queixa disso não é bom sinal, porque normalmente nessas situações as nossas preocupações não são o que os outros nos dizem ou não dizem!

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Se ninguém lhe deu, acho que o problema não é dos outros não...

    ResponderEliminar
  12. Não gosto de julgar ninguém, muito menos quem não conheço, mas o facto de se importar mais com o que as pessoas fazem ou deixam de fazer, em vez de dar mais valor à situação que está a passar que é a perda de um familiar, é porque realmente ela só pretende atenção e dar o ar de coitadinha. Assim, não deve ter muitos amigos de facto.

    ResponderEliminar
  13. É difícil avaliar a pessoa sem conhecer mais nada dela senão isto, mas penso que quando somos bons amigos(as), também os temos. O universo devolve-nos aquilo que lhe damos.

    ResponderEliminar
  14. Compreendo-te perfeitamente, já conheci uma pessoa assim, é esgotante mesmo!!
    Beijos e continuação de uma boa semana:)

    ResponderEliminar
  15. Fiquei gelado... pela frieza das palavras e dos silêncios.
    Pelo magoa nas palavras de alguém que diz isso.
    Pela frieza de alguém que não consegue proferir uma palavra de conforto num momento de tristeza, como a perda de alguém.

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  16. Como falar de alguém que não conhecemos?
    Claro que aquilo que desabona a pessoa em questão será a tua opinião mas mesmo assim...
    De facto, de uma forma leviana, poder-se-ia afirmar que, por um lado, se pode aferir um certo "Síndrome de Calimero", por outro, uma falta de humanidade atroz ou, no mínimo, falhas basilares da vivência em sociedade. Mas nada disso é relevante quando desconhecemos o todo/contexto.

    ResponderEliminar
  17. Oi Essência,

    existem pessoas tão egocentradas que ao enxergar só a si portam-se como vítimas, são as eternas injustiçadas pelo mundo, todos erram com elas, o mundo erra com elas, na verdade o que querem é angariar adeptos ao reforço de sua causa: A vitimização, por se acharem melhores e mais intocáveis que todos querem pessoas que afirmem para elas que realmente o mundo não poderia maltratá-las tanto.

    Estas pessoas, cansam, exaurem desgastam-nos, pois não nos deixam um espacinho sequer, as conversas são só sobre seus dramas, sua vida, seus sofrimentos. Isto afasta, cria-nos rejeição.

    Agora, que eu fiquei surpresa com esta frase fiquei: Ninguém, nem uma pessoa dar os pêsames, é muito radical, ou esta pessoa "sofrida" exagerou para ter mais material de fabricação de vítimas.

    Beijinho Essência.

    ResponderEliminar
  18. Há pessoas que nos deprimem... só de as vermos!!

    ResponderEliminar
  19. Não a conheço e assim sendo é difícil avaliar mas a julgar pelo que disseste parece que o mal está nela...

    ResponderEliminar
  20. Não sei, querida! Pode estar nela e nos outros, porque me parece um bocadinho cretino ninguém lhe dar os pêsames numa hora dessas... Mas conheço algumas pessoas que me cansam mentalmente ;)
    Beijinhos,
    Madalena

    ResponderEliminar
  21. Estou completamente triste com estas palavras que por aqui vão escrevendo.
    Quando alguem necessita de um abraço, de um carinho, de uma palavra nao deveremos virar costas e logo numa altura tão dificil da vida que é perder alguem! por favor acho que por aqui senti que a bondade humana e a amizade esta a perder- se e porque?

    Desculpa Essencia adoro ler as tuas palavras , mas fiquei triste , porque todos nos necessitamos de ter atenção, gostamos de um abraço de uma amiga, de alguem que nos oiça e dê a mão ou uma palavra amiga, eu não chamo isso de amizade esgotante, chamo isso uma pessoa que necessita de apoio.

    Acho que o problema são as pessoas serem tão egoistas e pensarem em si proprios , nunca se sabe se um dia não vão necessitar de um amigo.

    Como me dou bem com toda a gente nao vejo por ai que seja esgotante, ou que quer ser chamada atenção.

    Cada um tem a sua opinião sobre a bondade humana.

    Bjstos Essencia
    Nice day

    ResponderEliminar
  22. ela provavelmente tem um problema, que talvez seja ser demasiado negativista, mas sei se todos virarem-lhe as costas isso não irá ajuda-la.

    Um abraço

    Pedro Ferreira.

    ResponderEliminar
  23. Nem tenho palavras para vos responder depois das interpretações que li de alguns de vocês. Noutro dia, com mais calma, farei um post a comentar de tudo isto.

    Um beijo

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...