segunda-feira, 2 de abril de 2012

O que vai ser de mim?


Depois (deste), post, eis que a saga começou...

Já se passaram 8 dias e, a Zunfinha, não tem (ainda), os brinquedos. Não vê desenhos animados e, não tem ido brincar com os primos. Pois é, tem lhe custado. Tem-me custado mas, é necessário. Posto isto, a Zunfinha, tem andado num misto de emoções. Ora compreende, ora chora e acha que já merece os  seus brinquedos de volta, assim como as rotinas que tinha. E eu, aqui estou, para lhe lembrar que não é bem assim... porque não pode ser quando ela quer. Porque não pode ser o que ela quer só porque sim. Pois tem que dar o devido valor da perda e perceber efectivamente porque lhe foi retirado tudo. Não pode ser do género, hoje compreende e amanhã, não sabe porque está assim ou assado. Isso claramente quer dizer que não irá servir de nada, o castigo, e tudo mais, porque simplesmente não está a assimilar as consequências dos seus actos. Não, definitivamente tem que haver coerência nas minhas atitudes. Ou seja, o que quero dizer (até para mim mesma), é que não posso ceder, por mais que me custe e fique de coração apertado em vê-la sofrer, triste e até, magoada comigo. Sei que ela fica... mas eu como adulta que sou, sei as consequência exactas dos actos cometidos e sei (e espero não estar errada), que num futuro próximo, o que hoje parece uma situação terrível para ela, amanhã (futuro próximo), irá se rir de tal situação. Desejo eu que assim seja, com a alma. É que depois, eu também ando aqui num misto de emoções (não sou máquina ou insensível como por vezes as pessoas pensam que eu sou, não... também quisera eu ser assim... nem que fosse só em alguns apontamentos da minha vida...), porque sei que ela só tem 5 anos (quase 6 anos, vá), mas bolas, se para umas coisas compreende, para outras também tem que estar receptiva. Custa, claro que sim! Custa-me estar a fazer de bruxa má, mas nem sempre posso fazer o papel de princesa, ou fada boa. Infelizmente não se pode sempre... quisera eu...

As pressões começaram. Tanto que sim, que ela saiu-se com esta (entre choro, lágrimas, soluços, muita tristeza pelo meio).

Zunfinha: Mamã, posso ver bonecos?
Essência: Bebé, a mamã já explicou porque não podes ver os desenhos animados.
Zunfinha: (Entre as tais lágrimas e afins), É sempre a mesma coisa! Eu estou a portar bem! Deixa lá...
Essência: [...]
Zunfinha: Não deixas? Ai é... então, quando fores veita, vou deixar-te sozinha no carro fechada!
Essência: (Estupefacta com o que ouvia, mas teve mais)
Zunfinha: E para tu aprenderes, em casa, vou pôr os bonecos o dia todo para a minha fia e os meus netos verem e vais ver os desenhos o dia todo! É isso que queres, é?
Essência: (Não consegui dizer nada, porque só pensava, "como é possível ela conseguir ter o discernimento para fazer a associação da vantagem que os filhos quando crescem têm sobre os seus pais quando se encontram velhos." )

Depois de me recompor, vou ter com ela e explico-lhe, pela milésima vez, porque está de castigo, porque lhe foi retirado tudo, para já. No entanto, agora, confesso que me preocupa deveras envelhecer. Oh céus!

29 comentários:

  1. Lol... em pequeninos sabem bem como dar a volta a seu favor. É uma realidade! Mas penso que a essência é uma mulher suficientemente inteligente para dar uma boa educação à sua Zunfinha. Penso que o erro de muitas mães, hoje em dia, é esse mesmo, o de ceder a "chantagens". Aí se criam os pequenos grandes pestinhas. Ela chora, tudo bem mas, na minha humilde opinião, é preferível chorar agora ela, que futuramente você.

    beijinhos às duas :)

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahahah

    Pelo menos não te ameaçou colocar num lar de idosos.

    Olha que passar o dia todo a ver desenhos animados rodeados de netos até que nem é mau.

    :)

    Beijo (às duas)

    ResponderEliminar
  3. Oh miuda, as crianças em certos aspectos nascem "ensinadas", e elas sabem bem fazer o jogo psicológico connosco como mais ninguém.
    Não te preocupes. Estás a ensinar-lhe a ter valores e a ser uma adulta excelente para o futuro. Fas muita falta, acredita :)
    CORAGEM !!!

    ResponderEliminar
  4. Ai Essênçia,deu-me cá uma vontade de rir o vosso diálogo....Já reparaste como são inteligêntes?Na nossa geração(devemos andar por aí),eu pelo menos nem questionava muito,quanto mais ameaçar...mas é como já te disseram..."pelo menos não ameaçou colocar-te num lar de idosos!".O que já não é mau de todo.Calma e leva a tua até ao fim.Tu tens razão!!

    ResponderEliminar
  5. Não tinha lido o outro post, li agora e por mais que (te) custe, é uma lição que ela precisa de aprender! E ela parece.me inteligente o suficiente para a aprender bem rápido!!

    ResponderEliminar
  6. Já passou a bem dizer uma semana... dá-lhe os brinquedos para ela os arrumar primeiro e depois que comece a brincar com eles!
    Mas tu é que sabes como lidar com a situação.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. os miudos são mais espertos do que nós na altura deles.....
    parece que já nascem a saber quais os nossos pontos fracos...
    Essência tenta ponderar um pouquinho só...quanto tempo já tem esse castigo? se calhar já está na altura de a retirar....que achas?
    bjs
    vou sair de fininho para não sobrar para mim....

    ResponderEliminar
  8. LOL...

    "... e vais ver os desenhos o dia todo..."
    loooooooool

    pelo menos vais poder ver :P

    ResponderEliminar
  9. A Zunfinha, como todas as crianças, são inteligentes e sabem como dar a volta .
    Não te preocupes com a velhice. Alguém há-de fazer alguma coisa por ti.
    Opinião: deixa passar 2/3 dias e domeças a deixar ver o desenhos animados 1 hora.
    Vais aumentando o tempo sempre que aches que ele merece.
    Depois, passas para os brinquedos.
    Podes manter a tua posição, cedendo a pouco e pouco.
    Ela, por sua vez, vai tendo o que gosta.
    Custa muit os castigos, mas estás no certa com a tua atitude de mãe.
    :)

    ResponderEliminar
  10. Ahahahaha
    Estás tramada a 100% Essência !!!
    Ela depois vai-se lembrar e vais sofrer e ver os desenhos o dia todo! Pimba!
    Depois não te queixes :)

    Mas vá, apesar de amar as saídas da Zunfinha, compreendo o teu ponto e não acho que esteja mal.

    ResponderEliminar
  11. A parte má de ser mãe é a parte que temos de fazer de educadoras e vestir o papel de má. Mas um dia, ela vai agradecer-te tenho a certeza.
    Mas deixa-me dizer que eu, que estou de fora, adorei a parte de quando fores velha... ai o que uma mãe tem de ouvir :)

    ResponderEliminar
  12. Bom...cada pai/mãe é que sabe dar educação aos seus filhos e os outros não têm que opinar. Mas como neste caso está aqui uma caixa de opiniões para expressão livre, aproveito-a.
    São muito importantes os castigos no desenvolvimento infantil. É também muito importante que os castigos sejam proporcionais ao erro e à idade da criança. Neste caso parece-me francamente um exagero. Parece haver uma preocupação muito grande da mãe em controlar as coisas, com o receio de que a criança no futuro a desautorize ou se torne numa delinquente infantil, o que se traduz num excesso de zelo no sentido de moldar comportamentos da criança para se adequarem às expectativas da progenitora.
    As crianças têm tendências de personalidade próprias, que não têm que ser coadunantes com as dos progenitores, e muitas vezes são mesmo antagónicas. Há crianças que tendem a ser mais arrumadas, brincar com um objecto de cada vez, organizar as coisas. Outras menos. Sem que isso signifique que irão desenvolver outro tipo de comportamentos no futuro.
    Às vezes, vale mais uma palmada nas nádegas bem dada, do que o arrastar da tortura de um castigo, para todos.

    ResponderEliminar
  13. Olá. Olho para a tua filha e comparo-a com os meus primos. Os meus primos, têm entre os 11 anos e os 2 anos de idade, uma diferença de 1 ano ou dois entre os 6 primos mais pequenos. Eles brincam e usam muitos os brinquedos, mas também arrumam. Na última festa de anos, o aniversariante que fez 8 anos, dizia " podem brincar no quarto, mas depois arrumem os brinquedos..." . Os meus primos, dos 5 anos aos 11 anos, divertem-se muito a jogar a playstation. Quando os tive aqui em casa, 3 deles, eles iam comigo ao café, levavam a psp e não haviam meninos. Mesmo a prima mais velha é da era das consolas. Quando estão a pensar nos jogos, comportam-se muito bem. E na Figueira da Foz, quando lá estão ou quando vêm aqui a casa, só querem jogar á bola, jogar ao quarto escuro e pouco mais. Mas já sabem que se desarrumarem o quarto, que o arrumam de novo. No meu tempo, o que espalhava pela casa, também arrumava logo. beijos e boa sorte com a tua filha.

    ResponderEliminar
  14. Muito esperta a miúda. Tem consciência que depois de envelhecer, alguns pais podem ficar dependentes dos filhos ;)

    ResponderEliminar
  15. Bom, já metendo minha colher brasileira, já que lhe tirou os brinquedos não pode deixar assistir os desenhos na tv? Pensas bem: vc está lhe dando um castigo tão grande que qdo ela precisar de alguma outra repreenda(pq é criança e mais dia menos dia vai precisar), o que vai fazer com ela? Já lhe tirou tudo...os brinquedos e a tv! Não exagerou minha amiga? Sorte para vcs. Bjos

    ResponderEliminar
  16. Olha que espertalhona :p
    A "ameaçar" a mãe lol
    Estes pequenos agora têm uma língua bastante comprida.
    Acho que tens de continuar com a tua atitude, porque pelos vistos ela ainda não aprendeu com o que se passou :)

    ResponderEliminar
  17. Na minha opinião estás a proceder muito bem... Acho que apesar de dizeres que estás a ser a bruxa má... para mim estás apenas a fazer o papel mais importante na vida da Zufinha...o papel de mãe...que educa e cria..com o intuito de tornar a filha melhor...e sou da opinião que na idade da Zufinha...tu tens de ser mais mãe dela...que amiga...e esse é o problema de muitos pais...é que pensam que o ideal é sempre ser amigos dos filhos...quando o que é preciso é serem pais...
    Beijo...e não esqueças...de dizer à Zufinha...
    Filha és...Mãe serás...como fizeres é como colherás...acho que é algo assim...!!

    ResponderEliminar
  18. Eu acho que fizeste muitissimo bem e nao foste nada radical! Eu tenho a certeza que quando for mãe vou ser assim. Já o sou com o meu irmão, e neste momento sou a unica que tem mão nele. Os meus pais deixam-no fazer absolutamente tudo, o miúdo não tem limites e lá vou eu atrás com esses castigos "radicais" mas que o põe na linha que é um encanto!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  19. És uma mãe a sério ;)
    Quanto a envelhecer, bebe muita aguinha, dorme o suficiente e usa diariamente creme hidratante, conselhos sábios aqui da velhadas!!!
    Beijinhos,
    Madalena

    ResponderEliminar
  20. Com esse apontamento provou ser nada "parva", se é que me entendes.
    Já tem bem noção de certas coisas. Assim como tem noção do porquê de estar de castigo. Apenas está na idade de começar a medir forças contigo. Mantém te firme. Força! Beijinhos...

    ResponderEliminar
  21. LOL Os miúdos sabem tudo agora. :) Desde bem pequeninos. Ela apanhou-te bem! :)

    Mas compreendo claramente a tua posição, é a posição de Mãe que está a tentar educar correctamente.

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  22. envelhecer é bom envelhecer com netos ainda melhor "hades" ver
    kis .=)

    ResponderEliminar
  23. Isso é muito importante, a educação passa por essas pequenas lições.

    ResponderEliminar
  24. Ela é mesmo muito inteligente, vai agradecer-te quando for mais velha e tiver os filhos dela, não te preocupes em envelhecer.

    ResponderEliminar
  25. Não tenho medo em envelhecer. No sentido físico mas sim, no sentido a que a Zunfinha pôs no cenário.

    Obrigada pelo vosso feedback ao tema em si e para quem foi mais além. Gosto verdadeiramente de ler outras perspectivas, quando são fundamentadas e pautadas pela coerência e bom-senso. Além da educação, obviamente. Com isto, o que quero dizer, é que apesar de aceitar, encaixar as perspectivas dos demais, as minhas ideias e convicções não são beliscadas. O meu caminho não é alterado. Pois mesmo não desviando um milímetro, não invalida estar aberta a receber outras experiências/perspectivas. Só tenho a agradecer a vossa partilha.

    Kiss

    ResponderEliminar
  26. Gosto da tua postura e convicçoes...estou certa que a Zunfinha será uma mulher de valor ...( como a mae)

    beijo

    ResponderEliminar
  27. Desculpa-me a franqueza, mas isso não foi uma birra de menina mimada?
    É realmente estranho ela dizer isso de quando fores velha...já lá está incutida alguma coisa.
    Não deixes que te crie raiva, mas também não deixes de te impor, porque, como já o referi anteriormente, depois faz gato e sapato de ti, porque sabe que irás ceder. Ela tem de o compreender, mas pelos vistos está difícil.

    ResponderEliminar
  28. Já sabes com o que podes contar... :D

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  29. Owwwnn tadinhas! Das duas.

    Zunfinha de castigo, a mãe a se angustiar, como saber se está a agir certo? Se vai dar certo a sua tática, se com ela o resultado será o esperado? Pais sempre devem viver este drama, pois não se consegue antecipar resultados, só se saberá mais tarde, bem mais tarde, em que resultou.

    E a Zunfinha é tão esperta que foi em seu ponto fraco, criança sempre sabe, até quando não sabe que sabe, estão sabendo, ela te passou a mensagem que você estava errada e vulnerável assim que envelhecesse, rsrsrs conseguiu no mínimo te apavorar. Menininha inteligente!

    Beijo, Essência

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...