quarta-feira, 21 de março de 2012

Estou em conferência com o meu decote. É que ainda não atingi o que ouvi, confesso.


Uma mãe na escola da Zunfinha estava completamente histérica, porque a auxiliar, deu água à filha. Água que a própria menina pediu, porque estava completamente suada e cheia de calor (devia estar, porque parecia um pimento de tanto correr enquanto brincava...).
Segundo a mãe, a menina beber água naquelas condições, iria-lhe fazer mal. E se lhe acontecesse alguma coisa, a auxiliar bem que podia fugir, porque ela a processava, e nunca mais iria conseguir arranjar emprego em lugar algum. E, exigia falar com a educadora, pois queria ver as qualificações da auxiliar para certificar-se em que faculdade ela tinha tirado o curso (!!). Porque o que ela estava a afirmar, são regras básicas das quais, qualquer auxiliar tem obrigação de saber. [...]
Isto tudo e muito mais foi verbalizado e gesticulado aos gritos, furiosamente. Um discurso coerente, portanto.
Fiquei azul com as coisas que ouvi ali nos poucos minutos que lá permaneci, confesso. Porque sim, fiz questão de logo pôr-me na alheta, porque a Zunfinha estava assustada (e outras tantas crianças). Felizmente, não está habituada a cenas deste porte. Depois só pensei «o que me escapou ali, oh céus!»

36 comentários:

  1. há mulheres mm parvas dass!! odeio qd tratam os outros como se fossem escravos e incompetentes!

    maria

    ResponderEliminar
  2. Desculpa mas também me escapou a mim....eheheheeh não percebi qual é o problema de beber água quando estamos cansadas, transpirar ou a correr ou seja lá o que for....
    ah manias é o que é!!!

    ResponderEliminar
  3. dou comigo a ler o teu post e a fazer aquela minha expressão de "não compreendi, volta atrás e lê tudo outra vez, se faz favor porque está aqui qualquer coisa em falta, ai está, está?" e não é que continuo a pensar o mesmo?
    Existe cada gente mais sábia, o resto do mundo é que é ignorante, querem lá ver isto?
    Beijocas mesmo estupefactas....

    ResponderEliminar
  4. alguem que diga á mulher que beber agua serve para re hidratar os liquidos perdidos no esforço fisico.

    se a miuda tem caido para o lado por desidrataçao, queria ver o que ela dizia

    ResponderEliminar
  5. Cada vez acredito que há mais pessoas descompensadas por este mundo fora. Oh GOD

    ResponderEliminar
  6. De fugir mesmo!

    Ela devia dizer onde tirou o curso de fazer peixeirada à frente das crianças :/

    ResponderEliminar
  7. Oh, Céus ! Deve ser daquelas mães que pensam que, porque têm dinheiro, ou status, podem fazer o que querem.
    A água não faz mal a ninguém e depois de uma brincadeira, os miúdos o que mais querem é: lavar o rosto e beber.
    Há mães que devim ter cursos de forlação de educação de crianças.
    (Essência, se souberes que a auxiliar teve alguma penalização, junta-te a outro pais e ajam).
    :)

    ResponderEliminar
  8. Hein?! Coisa mais sem pés nem cabeça...

    ResponderEliminar
  9. vai ver a filha dela só toma água de um poço sagrado.
    e certamente ele esqueceu de tomar seu calmante antes de sair de casa.

    ResponderEliminar
  10. Falar em qualificações da Auxiliar e em que faculdade andou!!!!!
    Strange... será que essa senhora tem QUALIFICAÇÕES de boa EDUCAÇÃO.

    Cada uma... sinceramente, nem sei qual o problema de beber Agua

    Bjstos

    ResponderEliminar
  11. ~A situação retratada não me surpreende. O meu marido dirige de uma instituição que tem perto de 365 crianças.

    Acreditem, dava para escrever um livro com as situações com que ele se depara diariamente. Ele costuma dizer que é mais fácil lidar com as crianças do que com alguns pais que aparecem.

    Ainda no outro dia uma mãe indignada pediu o livro de reclamações por terem dado ao filho uma maçã. O meu marido perguntou se o filho era alérgico porque não constava do dossier dele qualquer alergia. A mãe, completamente fora de si, respondeu que não era alérgico mas que o seu "menino só está habituado a comer maçã assada".

    Uma coisa é certa, não tinha nem metade da paciência que ele demonstra face a este tipo de atitudes. A irracionalidade também tem limites.

    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Água???? Só isso???? Confesso que inicialmente nem estava a perceber. Meu Deus...

    ResponderEliminar
  13. Se lhe desse vinho, se calhar não fazia tão mal...
    Oh pá, eu bem digo, há mães por aí que são umas coisinhas cum caneco...
    Croma !!!

    ResponderEliminar
  14. Wow. Tive de ler este post duas vezes, só para garantir que não me tinha falhado nada. Que anormal!

    ResponderEliminar
  15. Hum, parece-me que a mãe da criança queria descarregar em alguma coisa. E pronto, foi à primeira coisa que surgiu. Coitada da auxiliar.

    ResponderEliminar
  16. Mas qual era o problema da água?? Faz mal?? Desde quando??

    ResponderEliminar
  17. Bem a pode processar, com o ritmo a que os tribunais trabalham, acaba quem processa por se processar a si mesmo!

    ResponderEliminar
  18. Estamos a falar de água ardente ou água pé?! :P

    beijo
    Sutra
    P.S.: A mãe da criança mestrado em estupidez, só pode!! :)

    ResponderEliminar
  19. Água a fazer mal ainda para mais quando está a suar e com calor? Que coisa mais sem sentido e que falta de educação por parte da mulher! Realmente, há quem ature com cada uma...

    ResponderEliminar
  20. há pessoas que sinceramente! deviam estar internadas e isoladas :S

    ResponderEliminar
  21. Deve ser uma "DOUTÓURA",sem nome próprio à frente e burra,muito burra mesmo.Ah,e peixeirona mesmo.Ela que lá vá à clinica,que lhe coso a boca com sutura da mais grossa!

    ResponderEliminar
  22. Se calhar preferia que a filha caísse para o lado desidratada. Não estava bêbada? A minha professora da primária também não deixava beber muita água de seguida ao calor, só um golinho ou dois, mas daí a fazer uma escandaleira vai um longo caminho...
    Bjs

    ResponderEliminar
  23. Acabei de ficar com os olhos em bico com o que li....

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  24. Sempre disse o mais dificil em trabalhar com crianças são os pais...é que têm com paranóias que não lembram ao menino Jesus.

    ResponderEliminar
  25. Não fales alto... schiuuuu!!
    Senão o nosso Governo ainda cria um curso nas nossas Faculdades para Auxiliares de Educação (no meu tempo chamavam-se contínuas)!!
    Shiuuuu... fala baixinho!!!
    Ehehehehehehehe...

    ResponderEliminar
  26. ó ceus, cada vez me espanto mais com as pessoas. Isso existe? Ninguém chamou a mulher à razão??

    ResponderEliminar
  27. É estonteante de facto! Se lerem já vos faz confusão, imaginem ouvirem e verem a cena, surreal!! :S

    Posso vos adiantar, que ontem falei com a auxiliar e depois com a educadora e, aquela senhora está com graves problemas pessoais e profissionais, ao ponto de estar com uma depressão enorme. Segundo elas está a ser medicada e está em casa de baixa. O que a educadora disse depois, é que falou calmamente com a senhora e que depois, ela se deu conta do que tinha dito e feito. Chorou, pediu desculpas aos demais que ali se encontravam. Segundo me apercebi, foi uma autêntica palhaçada. :S

    Em suma, foi uma saída infeliz. Principalmente quando envolve crianças. E pelo conteúdo, só estando mal é que se articula uma conversa daquele porte. :S

    Nada aconteceu à auxiliar.

    Kiss

    ResponderEliminar
  28. Cá pra mim a mamã ressabiada estava mas é com uma faltinha de pau que jaassuuuusss.
    E então olha desconta na auxiliar... put* que pariu coitado é de quem é mal pago trabalha que se farta e ainda tem de aturar estas dondoquecas donas da verdade... beijo

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...