sábado, 19 de novembro de 2011

Apontamentos de leitura


Ficou na retina...

"Duvidai que as estrelas são fogo;
Duvidai que o Sol se move;
Duvidai da verdade para a mentira;
Mas nunca duvideis que eu amo."

William Shahespeare, Hamlet

- Jodi Picoult, "Para a minha irmã"

8 comentários:

  1. Quando o amor é verdadeiro, nunca se duvida!

    ResponderEliminar
  2. Eu não duvido que tu amas, eu só duvido que exista a blogolândia, loool

    ResponderEliminar
  3. Não foi à toa que Shakespeare foi idolatrado pela corrente romântica (séc. XIX) tendo aí emergido com toda a sua (merecida) glória. Mas o verbo amar tem presente, pretérito e futuro. O que seríamos nós sem amor?
    «Ainda que eu falasse
    A língua dos homens
    E falasse a língua dos anjos,
    Sem amor eu nada seria».
    Legião Urbana in Monte Castelo
    (inspirado na Primeira Epístola de S. Paulo aos Coríntios

    Com um ramo de :-)

    ResponderEliminar
  4. Adoro os livros da Jodi Picoult e gostava de os ter todos na minha estante.Li apenas no seu mundo e o pacto, mas foi o suficiente para ficar deliciada.

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...