quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Dos momentos que me enchem a alma

Depois de um dia inteiro sem estarmos juntas - pois cada uma está nos seus afazeres -, a minha bebé, vir ter comigo, aninhar-se no meu colo, encostar o seu rosto no meu pescoço e dizer-me: "senti saudades do teu cheiro..."

...É qualquer coisa inexplicável de textualizar...

9 comentários:

  1. Ohhh, tão querida. E é mesmo dificil explicar o que sentimos nesses momentos. ;))

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Que doce!
    Imagino que não tenhas palavras....
    Abracinho à Zunfinha!

    ResponderEliminar
  3. Ohhh. Sabe tão bem ouvir. São palavras mágicas!

    ResponderEliminar
  4. Claro que é inexplicável, é o maior amor do mundo. A Zunfinha é mesmo uma querida, a mãe dela está de parabéns.

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...