sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Pronto!


Bastou partir dois pratos para libertar o stress.
(Oh céus! Qualquer dia, não tenho pratos.)

Bom fim-de-semana!

19 comentários:

  1. A minha especialidade é mais partir copos. Já tive de renovar o stock:)

    ResponderEliminar
  2. O teu stress sai caro... :)

    Há quem liberte o stress assim!!! :D

    http://www.youtube.com/watch?v=yVsWN8FholE

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  3. Eu liberto o stress atirando agrafadores contra a parede. Escusado será dizer que o chefe proibiu a reposição de stock para a "je".

    :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Não tenho estes picos de stress, partindo coisas.
    O que me acontece, é que fico irritada e sem que me aperceba, ao fechar portas, apertos um dedo,ou bato com as pernas nos móveis, e depois, vêem-se os pequenos hematomas.
    Aconteceu há momentos: ando irritada com pequen as coisas, e, olho para o gaurda roupa, que tem muito para escolher e não me apetece vestir nada do que tenho.
    E assim, ao fechar o armário, apertei os dedos.
    Os pratos que partistes, aproveira o natal e pede que te ofereçam um serviço . Dá jeito.

    :)

    ResponderEliminar
  5. Ainda bem que dois foram suficientes. Sobraram ainda alguns para servir o almoço.

    Beijos Essência

    ResponderEliminar
  6. Nunca parti... mas diz que faz bem.

    ResponderEliminar
  7. Vá foram só dois... penso que qualquer dia tens que renovar o stock de pratos.

    beijinho

    ResponderEliminar
  8. Bem, podes poupar na loiça, há muita boa gente que vai gritar para a janela, também se descarrega o stress na mesma e sai barato...
    Beijocas nossas ;)

    ResponderEliminar
  9. Só 2 pratos? dos grandes ou dos pequenos? lol
    Sai-te cara essa forma de libertar o stress... No entanto, suponho que as fabricas de cerâmica agradecem.
    Já experimentaste ir ao ginásio levantar peso? Comigo resulta lindamente e sai garantidamente mais barato!
    bjs

    ResponderEliminar
  10. Já experimentei fazer isso e posso garantir que dá resultado. O problema é ficarmos sem pratos. :P ;]

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  11. Olá Essencia, não dá para comentar os outros 2 posts abaixo.

    Eu acho que se podesse partia a loiça todos os dias e acho que me fazia imensamente bem mas com o passar dos anos tenho andado muito contida e acabo por chegar à conclusão que nunca parti nada...agora penso...há que experimentar pelo menos 1 vez na vida....porque não?!!!!
    :)
    o mal nisto é que depois temos que ser nós a apanhar os cacos.....

    ResponderEliminar
  12. Ainda a sociedade protectora da loiça vai fazer queixa de ti!

    ResponderEliminar
  13. ando com uma neura que dois pratos não chegariam!

    ResponderEliminar
  14. Boa!!! Eu é mais copos ;)))
    Beijinhos, bom fim-de-semana!
    Madalena

    ResponderEliminar
  15. Lol!!!
    Então beijos e bom fim de semana:)

    ResponderEliminar
  16. Na altura, libertei o stress, confesso. Porém, depois do acto feito, cheguei à conclusão de que, o problema não está nos pratos, não está em partir mas sim, no problema em si... é esse que tem que ser resolvido.

    Analogias à parte, partir, soube pela vida! Depois é que foram elas, quando vi os estragos...

    Kiss

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...