terça-feira, 7 de dezembro de 2010

As pessoas insensíveis comovem-me!


Por 10 minutos não deixei as flores na campa da minha Aldinha. Por 10 minutos... o responsável do cemitério tinha mais que fazer do que fechar o portão à hora, por isso fechou 10 minutos antes... tinha mais que fazer do que deixar uma pessoa que tinha feito 40 quilómetros só para estar um pouco junto de quem ama...

Confesso que não consegui argumentar nada... nada consegui dizer... talvez por estar onde estava e pela pessoa que era... somente me vim embora com um nó na garganta e a conter as lágrimas, porque não consegui fazer o que tinha em mente, deixar as flores e estar um pouco por lá...

21 comentários:

  1. Oh... minha querida, já vinha dar-te outro abraço e mais beijos e mais mimos porque achava que estavas a precisar, afinal, precisavas mais do que eu podia imaginar.
    O importante é que a tua Aldinha está contigo sempre, e sabe o quanto é importante para ti.

    Um beijo enorme.

    ResponderEliminar
  2. Sem comentários para quem abandona o trabalho mais cedo e com isso provoca tistezas assim. Força.

    ResponderEliminar
  3. O responsável do cimitério é um funcionário público, bem como o cimitério é um local público.

    Se o cimitério tem um horário, ele tem de o cumprir e o fecho de um serviço publico antes da hora dá direito a um processo disciplinar...

    ...pensa nisso. As pessoas tem todo o direito a reivindicar os seus diretos, mas para isso também tem de cumprir os seus deveres...

    :)

    ResponderEliminar
  4. É tão bom ver pessoas assim,também fico comovida com essas coisas.

    ResponderEliminar
  5. Sinto por ti.

    Beijinho***

    A.M.

    ResponderEliminar
  6. Por momentos, apeteceu-me não dizer nada!.. e, continuar o teu silêncio...
    Mas não fui indiferente à inquetude do teu vazio, que queria partilha-lo neste meu abraço.
    W.B.

    ResponderEliminar
  7. Porque não era um familiar dele, se fosse.. o importante foi a intenção. Bjs

    ResponderEliminar
  8. olá! Lamento que tenhas feito a viagem, e que não te tenham deixado colocar as flores na campa, e ter ficado por lá uns minutos. Quem é a tua Aldinha? Lamento o falecimento da tua Aldinha. beijos e um abraço.

    ResponderEliminar
  9. Esse homem merecia que lhe fizessem o mesmo. Mas não ligues linda, o que importa é que lá foste e querias estar com ela e entregar as flores. Esteja onde estiver sabe disso. Não fiques assim triste. Beijos linda

    ResponderEliminar
  10. Essência, nada do que diga vai apaziguar o que sentes mas é nestes textos sensíveis que escreves que sinto uma enorme vontade de conhecer-te para poder dar-te muitos beijos e abraços e sentires este conforto e apego que sinto por ti. Por alguém que entra todos os dias no meu pensamento com as suas alegrias, tristezas. Com as suas histórias de vida. É bom sentir o calor deste espaço, esta simpatia. Volta com a tua alegria.

    Beijos e abraços

    ResponderEliminar
  11. Essência, de lamentar.

    ResponderEliminar
  12. Lamentável.
    Como tu,choro, e choraria de revolta.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  13. Olha que esta realmente... É preciso ter uma granda lata! Vê-se mesmo que é gente que não quer fazer nada na vida 10 minutos não lhe faziam diferença nenhuma, e se não fosse por boa vontade ou porque era boa pessoa ao menos porque é para isso que lhe pagam, não?
    Desculpa, exaltei-me.
    Beijinhos,
    Rita

    ResponderEliminar
  14. Ainda ficam ofendidos quando criticamos o funcionalismo publico e cada dia que passa temos mais motivos para criticarmos!

    E o que conta foi a tua intenção;

    Beijo grande e muita força

    ResponderEliminar
  15. Eu no teu caso... entregava o ramo e dizia: Ainda bem que o senhor consegue revolver o seu vazio com um almoço! porque sabe eu por mais que eu coma eu sinto sempre um vazio! :(
    e ia-m embora

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...