terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Se fosse connosco, como reagíamos?


Eu sei, eu sei que não devemos rir dos medos dos outros - já me chicoteei pela minha atitude -, mas este video está qualquer coisa. E sim, ri-me muito, ao ponto de ficar com dores na barriga e com o maxilar a doer. Bendito video que fez com que largasse tais gargalhadas. No final, depois de recomposta, o que me veio à mente foi: e se alguém sofresse do coração? Ou se alguém num acto irreflectido se virasse contra a miúda? Riscos. Riscos que se corre. Pois.

15 comentários:

  1. Oh pá, se fosse cmg eu acho que me dava uma coisinha má ! Mas também me ri à brava !
    Porque se me visse nesse papel depois, ria-me também :P

    ResponderEliminar
  2. Tal como disse num outro blog, eu acho que gritava tanto como a miúda, mas ainda arranjava força para lhe tirar a boneca e dar-lhe com a dita na cabeça, porque eu, quando me enervo, tenho tendência para a 'biolência'! :-)

    ResponderEliminar
  3. Já tinhamos visto esse video aqui em casa e fartámo-nos de rir, mas digo-te se fosse comigo ficava toda "borradinha" de medo. Mas realmente se fosse uma pessoa que sofresse do coração seria muito complicado. Mesmo.

    bjs

    ResponderEliminar
  4. Eu também não sou boa pessoa...ri-me que nem um perdido!

    ResponderEliminar
  5. Eu não me ri...não consigo rir-me disto, admito. E também me questiono disso mesmo, dos efeitos e dos riscos que a "brincadeira" poderia causar.
    Beijocas e as melhoras ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu ri-me tanto, mas tanto....
    Mas olha, se fosse comigo dava-me uma coisa má!

    ResponderEliminar
  7. agora que ia ver o video toca o telemovel.....
    já cá venho..

    ResponderEliminar
  8. Eu fartei-me de rir!!!Mas se lá estivesse,acho que não tinha a mesma reacção!!

    ResponderEliminar
  9. Vou jantar, e depois vejo.
    Até já.

    Maria

    ResponderEliminar
  10. Essência, quando vi o vídeo, pensei que fosse algo fantástico. Não sei, mas, e peço desculpa, não consegui rir-me.
    Primeiro, a criança foi usada, não gostei.
    Segundo, aa pessoas deivam ter sido selecionadas, isto é, não deviam "sujeitar" as pessoas idóneas a estas brincadeiras.
    E, quanto a elevadores, fizeste-me recordar alguns sonhos que tive, em que andava de elevador, este dava infinitas voltas , metia por becos sem saída que nunca mais acabava.
    E, quando acordava era um alívio. Felizmente, já não sonho com eles há bastante tempo, também.
    Não tendo eu fobia a elevadores, estas imagens provocaram essa sensação.

    ResponderEliminar
  11. Ehehehehehehe
    O que eu já me ri!!
    Mas se fosse comigo eu tinha a coisa má!!Borrava-me de medo!!

    ResponderEliminar
  12. Já tinha vista e não achei piada não. Foi uma decepção. Pegadinha atrás de pegadinha, sem sal.
    Admirei foi o talento da menina, que não só se manteve sempre em personagem, como soube improvisar nela.

    Agora já tem teste para novela e camarim próprio, parece que vão querer que vire estrela. Vamos ver.

    Tb há quem diga que foi tudo falso, tudo ator... Só sei que não me fez nem esboçar um riso e eu sou de rir por tudo e por nada.

    ResponderEliminar
  13. Já tinha vista e não achei piada não. Foi uma decepção. Pegadinha atrás de pegadinha, sem sal.
    Admirei foi o talento da menina, que não só se manteve sempre em personagem, como soube improvisar nela.

    Agora já tem teste para novela e camarim próprio, parece que vão querer que vire estrela. Vamos ver.

    Tb há quem diga que foi tudo falso, tudo ator... Só sei que não me fez nem esboçar um riso e eu sou de rir por tudo e por nada.

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...