quarta-feira, 7 de março de 2012

Querem-me ver irritada?


Então é estarem ao pé de mim, ou pior, manterem um diálogo comigo a mastigar pastilha elástica como se fossem porcos, de boca aberta com aqueles barulhos todos irritantes. Não contentes, fazerem balões volumosos e estalá-los como se fosse uma bomba. Matemático, quem estiver ao meu lado nesses preparos, é uma galheta na certa (conhecidos e afins). Neste caso (por ser estranha, sorte a dela, risos), uma insinuação elegante, vá. É que há mínimos, caramba!
Posto isto, o cúmulo, é se estar no conforto do lar, e vir uma vizinha cusca e abelhuda como tudo, falar de coisas-que-enfim-só-interessam-ao-menino-Jesus-e-mesmo-assim... parva eu que ainda questiono o meu decote vezes e vezes sem conta se há algo a espremer em tal abordagem? Ora que ele responde (como sempre), prontamente que «não Essência, lamento informar que não há nada de produtivo neste tipo de abordagem».
Contudo, o mais surreal, é que além de importunar tarde e más horas (entenda-se por volta das onze e muito da noite), ainda vem na maior descontracção fazer exactamente o que acabei de descrever com a pastilha elástica, enquanto destila as fofoquices no lado de lá da nossa porta.
Obviamente que consegue irritar-me solenemente e, ainda se põe a jeito para levar com «vizinha, se faz favor tire a pastilha da boca ou fique quieta com a mesma. É que falar assim, fica extremamente complicado perceber o que quer que seja. É que para mim, mastigar pastilha elástica nesses preparos, ou comer e falar de boca cheia, tem a mesma conotação, falta de educação» - Coitadita, não apanhou o recado, mas retirou a porcaria da pastilha.

Há coisas que não tolero e, não quero saber se por trás (sim, só pelas costas, enfim...), chamam-me «nariz empinado, arrogante, convencida, antipática» - entre outros tantos adjectivos lindinhos como só eles. É que estou inteiramente a borrifar-me! Oh, oh... então, se já estiver há três dias em casa sem sair com a minha Zunfinha doente, pior! É que o humor, esse, já se encontra lá nos píncaros, entretanto, ainda há que levar com almas destas? Mas por carga-de-água?
Temos pena ou então, não se ponham a jeito.

20 comentários:

  1. Isso para ai está mau...é melhor a vizinha não te aparecer à frente mesmo sem a pastilha nos próximos anos. As melhoras da tua Zunfinha e já agora que possas relaxar também, uma pessoa dá em doida todos os dias em casa, olha para mim!
    Beijocas nossas ;)

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Essencia...
    As melhoras da piolhita...
    Como te compreendo... detesto é como as pipocas na sala de cimena irrita me profundamente.
    Bjstos
    Nice day

    ResponderEliminar
  3. Haja paciência!! As melhoras da Zunfinha...

    ResponderEliminar
  4. Isso é irritante mesmo, tanto a pastilha (que acho mesmo horrível) como a vizinhança a bater à porta para nada. Felizmente, não tenho confiança com ninguém no meu prédio ao ponto de me fazerem isso.

    As melhoras da tua menina!

    ResponderEliminar
  5. Se quiseres aceitar, só para desanuviares um bocado e te rires com as minha sparvoíces, tens um desafio à tua espera lá no meu blogue!
    Mais beijocas cheias de melhoras rápidas!

    ResponderEliminar
  6. Neste momento estou a mascar pastilha e a teclar no computador. Espero que não te irrites com isso=)

    ResponderEliminar
  7. kkk
    adorei!
    vale sinceridade e dizer o q se pensa, e que interpretem como assim o desejar.
    bjos

    ResponderEliminar
  8. Eu normalmente pago na mesma moeda com as coisas que me irritam, a ver se quem está a irritar-me se manca. Quanto à vizinha, tens bom remédio, não lhe abras a porta!

    ResponderEliminar
  9. deixa lá..se te irritam por algum motivo é!
    E se te chamam isso, pensa que poderiam chamar coisas piores :)

    ResponderEliminar
  10. É de uma falta de educação incrivel. Eu também detesto, por este motivo sempre que dão noticias com o treinador do benfica nem consigo vê-las.

    Espero que a Zunfinha esteja melhor.

    Um dia destes combinamos para nos encontrar, quem sabe quantas vezes já nos cruzámos? Bj**

    ResponderEliminar
  11. Horrivel....e quando se vê as goelas?Um horror....

    ResponderEliminar
  12. No outro dia aconteceu-me a mesma situação. Como estava "virada do avesso" comecei a fingir que estava com vómitos e a dita cuja perguntou-me se eu me estava a sentir mal e respondi que ver alguém de boca aberta a mascar chiclete me provocava vómitos.
    Escusado será dizer que a pessoa não gostou da minha reacção mas "é para o lado que durmo melhor".

    As melhoras da Zunfinha.

    Beijo

    ResponderEliminar
  13. hummm... quando ficas irritada deves ficar linda... (suspiro)... já estou a imaginar, ficas corada, as sardas ficam salientes, os teus olhos brilham... ui, ui... :D

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  14. ai a delicadeza a decencia as regras de convivencia social!!!!

    ResponderEliminar
  15. Sou um pouco da mesma opinião que tu...não gosto nada de gente perto de mim com o som irritante de mascar pastilha. Agora quem até consegue ser civilizado e mascar decentemente não me faz confusão, agora de boca aberta e a fazer balões tb não vou mto à bola com isso e acho que é um extremo desrespeito.

    As melhoras para a tua menina :)

    Bjinhooo

    ResponderEliminar
  16. Isso é uma coisa que também me irrita solenemente...Acho que não é mesmo uma questão de ser nariz empinado mas gostarmos de boa educação!
    As melhoras para a pequerruxa :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  17. Há posturas que simplesmente não se têm quando nos dirigimos a alguém...!
    Tão só!

    ResponderEliminar
  18. Tu dás mesmo um "tabefe" a quem mascar pastilha assim??? Ai medo
    Mas sim, se fosse com a vizinha irritante acho que lhe dava uma resposta torta!

    ResponderEliminar
  19. A Zunfinha já se encontra bem, obrigada! Foi daquelas viroses malucas que muito de quando em vez (por acaso ultimamente tem sido mais constante :S), atacou-lhe! Mas graças a Deus, já dá o ar da sua graça por aí... ;)

    Karochinha,

    Sim, há pessoas que não se tocam de facto! :S

    Obrigada pela lembrança. Sairá no Sábado. ;)

    abspinola,

    Ui... o que foste referir... irritante mesmo!! :S

    Nokas,

    Nem sempre a paciência está na pauta... nem sempre. ;)

    Ana,

    Por mais incrível que possa parecer (depois do que escrevi), acredita que não dou confiança nenhuma a ninguém aqui do prédio. Somente uma saudação mediante a hora do dia e pouco mais. Só paro no patamar quando alguém me aborda porque senão, é sempre em frente. Nesta situação, é a fulana que está à frente do condomínio e é uma fulana estranha como tudo e sem sentido de oportunidade que resolveu importunar as pessoas naquela altura. Enfim. ;)

    L.O.L.,

    Risos... as acções ficam para quem as pratica. E vou utilizar uma frase bastante conhecida "Olhos que não vêem, coração que não sente," ;)

    Palco,

    :D

    Marcela,

    Ora nem mais! ;)

    Enfant,

    Bom, quanto ao teu primeiro apontamento, sou daquelas pessoas que pensa "não faças aos outros aquilo que não queres que te façam a ti" - depois o outro apontamento, eu até não abria, se estas malditas construções fossem feitas como antigamente. É que agora, qualquer som que faças e ouve-se tudo ao lado. Uma falta de privacidade brutal. Ora, se estou em casa sem contar com visitas, é normal que esteja à vontade, que fale no hall (junto à porta da rua que dá para a cozinha), e claro que quem esteja no lado de lá da porta se aperceba que estão pessoas em casa. Além de que pensas sempre ingenuamente que as pessoas se vão mancar e dar corda aos sapatos, mas não. :S

    Palavra,

    Sim, se me irritam é porque tive motivos para isso. Quanto ao que me chamam ou deixam de chamar, é pelo lado que durmo melhor, francamente! ;)

    Tanita,

    Sim, um dia destes pode ser que estejamos em sintonia nessas caminhadas. ;)

    Mamã,

    Credo! :S

    NI,

    Risos... mais descansada por ler que não sou a única vitima nestas situações. ;)

    Sutra,

    Um monstrinho, diz antes. É de fugir a sete pés, acredita. :P

    Avogi,

    Ora nem mais! ;)

    Paula,

    É uma falta de tudo!! :S

    mfc,

    Há coisas que nascem connosco. Não há hipótese! ;)

    Sónica,

    Risos... se for irmã, amiga ou assim (conhecida)? Ai dou, dou! É que nem penso duas vezes. Para verem se abrem a pestana. ;)

    Kiss

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...