segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

As situações caricatas são um dos meus karmas. Inconscientemente já ando em bicos de pés, fosga-se! Eu mereço, está visto!

Há semanas que ando com uma dor de cabeça que é qualquer coisa inexplicável. Há semanas que assim que abro os olhos as dores já se fazem sentir. Há semanas que ando a arranjar todas as justificações e mais algumas para esta situação. Há dias, fui marcar a bendita consulta na minha médica de família para expor a minha preocupação e enfim, tirar daqui o sentido. Mas, mal sabia eu o rol de peripécias que por aí vinha. Ora vejamos.
- Começo por constatar que não ia ser atendida pela minha médica. Está de baixa já para lá de um ano (segundo informações de balcão).
- Marco a consulta (urgência). E, qual não é o meu espanto que de 2,20€ que era o preço da consulta, passou para 7€ (não tem que ver com o facto de ser uma consulta de urgência, pois perguntei. É o preço de uma consulta normal. São os novos aumentos. Bonito.). Fiquei azul!
- Fui consultada por um médico colombiano. Aquela consulta foi qualquer coisa de bradar aos Céus! Pois eu não entendia patavina do que ele dizia, assim como ele não entendia o que eu dizia. Surreal. Como é possível uma consulta de saúde ser nestes parâmetros?! Uma total leviandade para com os doentes. Incrível! Saí de lá danada com este sistema de merda. Não pelo o médico que era simpático e tudo mais... mas não é a simpatia que vai valer alguma coisa se algo corre mal. Nomeadamente uma má prescrição (acabou por acontecer). Uma má avaliação pela falta de comunicação entre doente/paciente (acho que também acabou por acontecer). Enfim, é o país que temos.
- Fui à farmácia comprar as bombas que já tinham passado o prazo. (Entretanto tinha aproveitado a consulta para pedir ao médico para passar com receita que é metade do preço. Amostrei as bombas ao médico para ele copiar o nome)
Pensei que estava tudo okay (já que tinha copiado o raio do nome), mas qual não é o meu espanto quando na farmácia as bombas que ele tinha prescrito não eram as minhas. Fosga-se, passei-me! Conclusão, tive que comprar por inteiro as bombas, mas com a opção de poder lá ir depois com a receita correcta para reaver o dinheiro. E como são caras os raios das bombas, livra!
- Fui ao centro de saúde expor a situação. Precisava que o médico ou outro que fosse, corrigisse o erro porque precisava de uma receita nova para poder reaver o bendito dinheiro. Mas qual não é o meu espanto quando a fulana da recepção pede-me 3€ para a prescrição da receita. Perguntei por carga de água lhe ia dar 3€ por um erro que foi do médico?! Se alguém tinha que pagar alguma coisa seria o médico. Não ia pagar pelo erro de outra pessoa. Assim como não tinha a culpa de colocarem médicos de outras nacionalidades para atenderem os pacientes. Pois o cenário estava à vista. E disse taxativamente que não pagava!
Não que fosse morrer ou ficar mais pobre pelos 3€, mas bolas, foi pela atitude. Passei-me!
- Fui à clínica marcar os exames. Análises e mais dois exames. Pensava eu que era algo relacionado com as dores de cabeça. Foi para isso que fui à consulta. Mas qual não foi o meu espanto (novamente), quando vejo que os outros dois exames eram duas ecografias. Vaginais. Sim, leram bem! Vaginais. Fui queixar-me de dores de cabeça e saiu de lá com umas análises e duas ecografias vaginais. Isto contado ninguém acredita. (Entretanto, já fiz os exames. Vou levantar no dia 22 Fevereiro mostrar no dito médico e ver o que me espera.)

Vá, quero acreditar que as análises possam apontar algo que não esteja bem.
Bom, quanto às ecografias, assim-como-assim vejo como está a senisga (nunca é demais), pronto.

22 comentários:

  1. É caso para se dizer, se não morres da doença, morres da cura!

    ResponderEliminar
  2. ahahah vai ficar bem inspeccionada, a tua menina!

    ResponderEliminar
  3. Se não fosse a gravidade da situação e por não seres a única a contar estas coisas, juro que me ria às gargalhadas!
    Bj**

    ResponderEliminar
  4. isto hoje em dia é a realidade de todos nós é triste chegarmos a isto!!
    eu tenho imensas peripécias e nenhuma acaba bem também!

    ResponderEliminar
  5. Nem queria acreditar no que li!
    Merda, para pagar isso, é preferível ir ao hospital privado.

    :)

    ResponderEliminar
  6. olá. em primeiro lugar, desejo-te as melhoras para o teu problema. não desistas de ir ao médico, para ver o que tens. espero que não seja nada grave. quanto ao preço nos hospitais, ou centro de saúde, acho bem que aumentem, porque infelizmente ainda existem muitas pessoas que vão ao médico dos hospitais e centros de saúde, só por causa de uma simples constipação e muitas pessoas que são hipocondríacos, também vão para os hospitais e consultas, tirar a ver a quem realmente precisa. Eu quando preciso de ir ao médico, as chamadas consultas de rotina, sempre fui ao privado, ao Dr. Vítor Veloso, médico da minha Mãe há anos e de algumas pessoas da minha Família. Quando era preciso, quando estava de cama, em pequeno, o médico vinha a casa ( e tenho médicos que vivem a 2 minutos da minha casa, o que é bom ). Das últimas vezes que fui atendido no hospital de Valongo, foi quando rachei a cabeça ( das duas vezes ). Mas não vou ao hospital, por simples constipações. Quando a minha mãe partiu o braço, deu-me a impressão de ver jovens com simples constipações, numa urgência... É essa a razão porque aumentaram as consultas nos hospitais e centros de saúde, para retirarem as falsas urgéncias de lá. beijos e vê se ficas boa logo. bom Carnaval.

    ResponderEliminar
  7. Quando a ires por causa de dores de cabeça, e quanto aos exames por razões vaginais...anda muita gente a fazer mal serviço. kiss

    ResponderEliminar
  8. Wow, mau demais! De resto espero que esteja tudo bem nos exames!


    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Credo cruzes canhoto, que stress!!!!, fez-me lembrar também uma situação que passei no hospital com minhã mãe, um stress medonho!!!. Este país vai de mal a pior, enfim!!
    Espero que as tuas analises não acusem nada, é bom sinal.
    Beijos e as minhas sinceras melhoras:)

    ResponderEliminar
  10. Ai porra, grande incompetência!
    eu passava-me, sem dúvida!
    Espero que os resultados sejam fantásticos !!! ***

    ResponderEliminar
  11. Sem palavras a sério...Há situações dessas um pouco por todo o lado, a saúde no nosso país é uma verdadeira vergonha!
    Só te posso desejar as melhoras, e vais ver que é do stress e com mais descanso a coisa vai lá )

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  12. Bem, que telenovela colombiana onde tu foste calhar, que horror, mas tens razão, é a realidade do nosso país, é uma tristeza.
    Espero que consigas melhorar das dores de cabeça e dos nervos todos!
    Beijocas nossas ;)

    ResponderEliminar
  13. lembro-me de uma amiga me contar que tinha dores de dentes foi ao médico nas urgências e ele mando-a despir-se
    kis :=)

    ResponderEliminar
  14. De facto a nossa saúde é um brinco...mas acreditem que o nosso sistema não é dos piores...e ecografias vaginais...bom menos mal.Olha se fosse rectal?;))

    ResponderEliminar
  15. Nem sempre a dor vem do local do problema... ;)

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  16. De médico e de louco temos um pouco...

    ... e esse que te consultou pode ser exemplo disso mesmo!

    Os meus votos para que as dores desapareçam rapidamente! :)

    ResponderEliminar
  17. mau demais!
    infelizmente é o país que temos :(

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...