quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Yoga

Ontem (18-09-2013), finalmente fui experimentar uma aula de Yoga. Não fui com nenhuma expectativa, pois não fazia a mais pálida ideia do que iria encontrar, apesar de já ter lido e ouvido algumas coisas sobre o assunto. Sabemos que nem sempre o que parece é, assim como a teoria não é igual quando posta em prática. Bom, em suma, numa primeira impressão gostei. Contudo, essa prática requer perceber efectivamente a essência da mesma para se poder realmente tirar melhor e maior partido, pois pelo que pude perceber, é muito mais complexo do que se pensa assim, numa primeira análise. 

Segundo a professora, tenho bastante flexibilidade - graças aos aninhos seguidos de ginásio -, e jeitinho para a coisa. No entanto, hoje (19-09-2013), não me livrei das dores musculares. Ui, estou quem nem posso. Nem quero imaginar se não tivesse a tal flexibilidade...

10 comentários:

  1. Humm, olhando para as imagens nem parece difícil, mas depois " é que são elas" as dores musculares.
    Mas que deve ser bom. Deve. E se te faz bem, é continuares. ;)


    bjs

    ResponderEliminar
  2. Por acaso gostava de experimentar! Deve ser tão bom! :)

    ResponderEliminar
  3. Eu cá para mim andar a querer meter tornozelos atrás do pescoço é contra-natura, quer se tenha flexibilidade ou não!

    ResponderEliminar
  4. Olá. Já te imagino na net, a ler tudo sobre yoga. As melhoras e bom descanso..estou a pensar : será que devo pedir ao Bola 7, para te vir fazer uma massagem? Ele com o tamanho daquelas mãos, em 15 minutos, põe-te nova... beijos e um abraço

    ResponderEliminar
  5. Experimentei Yoga uma vez e não me convenceu. Preciso de desportos mais mexidos :P

    ResponderEliminar
  6. Há anos, fui a uma aula experimental gostei, mas senti que nãoiria ser fã dessa modalidade.
    Então, dediquei-me ao bodybalance, que é uma conjugação de Yoga, Pilates e Taishi.
    Parei 2 anos, por incompatibilidade de horários, mas voltei este mês.
    Sei que é ótima, mas não é fácil, exige concentração e a flexibilidade que falas.
    Mas continua. Se não conseguires, muda para bodybalance.
    Neste momento, pratico Pilates, Bodybalance, Hidroginástica (não prescindo desta) e Zumba.
    Quando tenho tempo, ainda faço tapete e step.
    Não frequento mais modalidades porque estas chegam.
    Mas não deixes o ginásio porque faz bem a mente e o copro agradece.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Yoga era uma daquela modalidades fetiche "ah e tal" que eu queria muito experimentar faz uns anos. Sei bem que existem várias vertentes no Yoga, das mais acrobáticas às mais dadas à meditação, mas foi nas aulas que percebi que aquilo não era para mim, na realidade detestei. Acho que cada um tem mesmo uma actividade que se adequa à sua personalidade e todos os benefícios que eu ouvia falar relacionados com o yoga só encontrei quando comecei a fazer Pilates.

    ResponderEliminar
  8. As duas na letra,

    :D

    Maria,

    É fácil quando se tem flexibilidade. ;)

    Enfant,

    É a tua perspectiva... :)

    apenas umas letras,

    Ui, medo. Penso que ficaria pior, mas obrigada na mesma. :D

    Palavra,

    É uma hipótese. ;)

    Sue,

    Risos... engraçado, também sou mulher de coisas mais mexidas. No entanto, surpreendeu-me - apesar de tudo - a yoga. ;)

    Cantinho,

    Muito bem! Uma mulher cheia de actividades. ;)

    Vee,

    Acontece. Mas é preciso experimentar para se ter a real noção do que se está a falar. Tal como te aconteceu. ;)

    Abracinhos

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...