segunda-feira, 7 de maio de 2012

Qual Lua, qual Sol, qual Estrela, qual quê!


Quando faço uma reflexão da minha vida, concluo que nada têm-me caído do Céu. Nada é-me dado de mão-beijada. Não nasci com o cú virado para a Lua. A vida, tem sido uma autêntica madrasta. E eu, uma autêntica enteada. Dois papéis que não nos ficam nada bem. Mas, mesmo ficando a destoar, é representado com distinção. Pois temos arrancado muitos aplausos. Muitas lágrimas. Muita nostalgia a quem assiste de camarote. Terei um prémio por excelente representação? Talvez, quem sabe, quando já cá não estiver. Afinal, só quando se perde efectivamente, é que se reflecte quem-como-quando-andou-entre-nós. Só aí...

21 comentários:

  1. Não acredito que haja alguém à face da Terra que tenha nascido com toda a sorte. Com vida perfeita.
    As aparências iludem tanto!
    um beijinho e dá valor às pequenas coisas que te são ofercidas.

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente é verdade...
    mas olha, já vais ganhando vários prémios interiores, que contam mais que qualquer outro :) ***

    ResponderEliminar
  3. Já somos duas. Nunca nada me caíu do céu e a vida sempre me foi madrastra, sempre. Luto pelas coisas, lutei por tudo o que tenho e por muito mais, mas por um motivo ou outro corre-me sempre tudo mal. Mas sou como tu, não baixo os braços e se ela me é madratra muitas vezes também eu sou enteada. Não desisto.
    Ás vezes a brincar até digo que nasci com o rabo virado para o sol, estou sempre a queimar-me. :(

    ResponderEliminar
  4. Olha nem a mim!
    Claro que tudo o que é suado tb é mais compensador, mas uma coisa ou outra podia ser mais fácil!

    ResponderEliminar
  5. Não há mal que dure para sempre nem bem que nunca acabe...

    ResponderEliminar
  6. Tenta não fazer reflexões da vida. Sê tu mesma. Não esperes arrancar aplausos. Deixa as lágrimas caírem sempre que te visitarem os olhos.

    Tenta olhar para a relação madrasta que a vida tem contigo e procura o que ela tem de bom. Por vezes uma relação madrasta está mais presente na nossa vida que uma ligação de mãe com a vida.

    Nem tudo na vida é como a história da gata borralheira! :)

    um beijo repenicado com energia positiva! :*
    Sutra

    ResponderEliminar
  7. A vida é recheada de dificuldades e de conquistas, para todos. Tu és uma lutadora e tens mais é que ter orgulho em ti. Um abraço. beijos

    ResponderEliminar
  8. Também não nasci com o cu virado para a lua, e olha, não nasci nem gostava de ter nascido!

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Só o tempo nos faz perceber as nossas dificuldades, mas também o quanto fortes fomos para as conseguir enfrentar e ultrapassar!

    ResponderEliminar
  10. Participa!:)
    http://closet2me.blogspot.pt/2012/05/passatempo-bijuteria-volta-e-meia.html

    ResponderEliminar
  11. Cresces mais forte, com bases mais sólidas.

    ResponderEliminar
  12. Nada é fácil nesta vida e só te tens de orgulhar da mulher que és hoje e sorrir :)

    És uma pessoa lutadora e com garra. Esta vida não passa de uma constante luta para atingir objectivos e sonhos, uns conseguem conquistá-los, outros nem por isso.

    ResponderEliminar
  13. pelo menos tornou-te uma pessoa mais forte e cheia de valores, isso é que é importante*

    ResponderEliminar
  14. Sempre defendi que ter que lutar para atingir os nossos objectivos contribui para a nossa "força interior". Não me recordo de nada que me tenha sido dado pela "sorte" ou de "mão beijada".

    Mas tenho que confessar que com a idade, e na vertente profissional, estou a ficar cada vez menos benevolente para com aqueles que nunca tiveram que se esforçar para conseguir o que queriam. Até porque quem luta e quem merece raramente consegue ver os seus eforços reconhecidos, na maioria das vezes, devido aos "tais que nasceram com o cú para o sol".

    Beijo

    ResponderEliminar
  15. As pessoas que gostam deti dão-te o devido valor pelas tuas vitórias, de certeza.

    ResponderEliminar
  16. Mas olha que se te caísse tudo do céu não terias o gosto que depois se sente...se é que me entendes!
    Eu cá também não nasci com o cú virado para a lua, mas a mim que importa, o que é meu virá a mim através do meu esforço.
    Mas ao fim e ao cabo somos sempre sortudas em alguns aspectos. Ora faz lá uma introspecção e verás que também és assim!!!
    Abracinho minha querida

    ResponderEliminar
  17. I KNOW THE FEELING :)
    Mas uma coisa é certa, TUDO o que conseguimos tem mais valor!

    Um beijo carregado de força e admiração

    ResponderEliminar
  18. Mas é graças a uma vida assim que te tornaste na GRANDE mulher que hoje és, e isso importa e muito ;)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  19. O que escrever? Somente obrigada (por mais repetitiva que possa parecer), mas é isso que sinto, quando leio as vossas palavras. E aqui, neste post, só consigo escrever isto.

    Um beijo

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...