sexta-feira, 1 de junho de 2012

Desafio - As Amantes do Verão #1 - O Verão da minha infância...

... Lembra-me uma redoma de vidro.
Lembra-me o vento constante, teimoso e impiedoso que se fazia e ainda se faz sentir, naquele bairro.
Lembra-me as estradas por asfaltar mas, mesmo assim, não era impedimento para andarmos de bicicleta ou simplesmente correr.
Lembra-me as noites quentes onde convidava as pessoas a espalharem-se pelos pontos principais: ringue, piscina, barragem do autocarro, jardim, redonda do bairro de cima. Um destes pontos lá estavam os grupos.
Lembra-me as tardes na piscina. Os pirolitos que vira e mexe era um brinde a quem tivesse tal ideia idiota. Os banhos de Sol na encosta verde que se fazia notar naquele ambiente descontraído.
Lembra-me os jogos temáticos tais como: macaca, o elástico, a mata, os berlindes, cabra-cega entre outros tantos...
Lembra-me as noites que saia pela janela para ir brincar na rua.
Lembra-me as tontarias de bater às portas das pessoas e fugir, só porque sim.
Lembra-me as frutas das madres que eram roubadas e sabia-nos pela vida, quando ia-mos comê-las para o jardim com aquele ar "somos os maiores" - maiores, uns doidos, isso sim! (Risos)
Lembra-me a montagem das cabanas que eram feitas no pinhal.
Lembra-me as subidas às árvores.
Lembra-me os ralhetes da minha mãe.
Lembra-me os miminhos do meu pai.
Lembra-me os bolos da minha avó.
Lembra-me-me as risadas de uma miúda traquina, bastante arisca que vivia livremente por aquele bairro que ainda hoje, sente como seu.

Fui imensamente feliz, na minha infância, sim.

24 comentários:

  1. Bons tempos...Boas recordações :)

    ResponderEliminar
  2. Lembras-me também, tudo isso.
    Saudades da infância sem telemóveis, sem pc...Só e com as brincadeiras de rua.

    :)

    ResponderEliminar
  3. Tantas lembranças boas !! :)
    Eu tb tenho muitas :)
    Foram tempos muito felizes ...
    Kiss

    ResponderEliminar
  4. olá. eu também fui feliz na infância. passava o Verão, aqui em Valongo, uns dias em Gondomar, férias com a Família, na Torreira ( perto de Estarreja - avô alugava casa para todos ) e no Marco de Canaveses. Adora os dias no Marco de Canaveses. Lá andava sempre sozinho, tinha liberdade e convivia mais do que em Valongo. Ia várias vezes a casa das primas, do tio-avô, visitar uma amiga idosa, ir aqui e ali...uma festa. estava encarregado de tratar das pombas, dar-lhes comida duas vezes ao dia e água, muita água, de as pôr a voar, isto no Mês de Agosto. Jogava á bola, raquetes, escondidinhas, disparava a velha Dyana, a pressão de ar, andava de bike, fazia muita coisa. Para não falar nos gelados que comia, dos lanches com as primas e tudo o mais. era bom, delicioso. beijos e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Lindo... ficou a faltar uma imagem a condizer :)

    ResponderEliminar
  6. Acho que essa felicidade nos fica no DNA ;)

    ResponderEliminar
  7. Doces e eternas recordações
    creio que isso é felicidade.
    Beijos feliz final de semana.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem, é das fases mais importantes da nossa vida :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  9. Esse rememorar faz renascer a criança que vive em nós!

    ResponderEliminar
  10. Ó mulher... tens a noção de que deixaste toda a gente a suspirar??!!

    Mesmo lutando todos os dias para dar-mos uma infância feliz aos nossos filhos, tenho a ideia que eles não terão memórias tão belas como as que maior parte de nós que aqui te lê e comenta temos... pois vivemos a nossa infância de uma forma mais livre e despreocupada. Agora as nossas crianças crescem muito depressa e são-lhes exigidas responsabilidadesmuito cedo, sofrem quase o mesmo stress de um ritmo de vida acelerado que nós... e têm pouco tempo para ser crianças.

    Felizes memórias!
    Beijinhos ternos :)

    ResponderEliminar
  11. A minha infância também foi maravilhosa :)

    ResponderEliminar
  12. Adorei a tua descrição do verão!!!

    ResponderEliminar
  13. Este texto fez lembrar alguma coisas da minha infância! :)

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  14. Tantas lembranças boas...que delicia!

    ResponderEliminar
  15. Olá minha Essência, o teu texto sobre os Verões da tua infância, foi dos mais originais de que li sobre esta temática e olha que eu já li uns 140 e tal!
    O teu bairro onde se passavam todas as tuas peripécias, deve ser um bairro muito especial, pois tal como dizes quando terminas o texto, ainda hoje, o sentes como teu. :)
    Lindo!

    ResponderEliminar

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo".♥ - Fernando Pessoa

A essência que queres partilhar comigo é?...